Visualizar:

▼ Postagens (53)
  • Procon suspende por 12 horas atividades de loja do Carrefour em SP

    14

    Set
    14/09/2011 às 16h08

    Unidade na Zona Norte ficará fechada até as 20h desta quarta-feira.
    Motivo foi exposição de produtos com validade vencida, afirma Procon

    .

    Fita colocada entre os caixas do Carrefour (Foto: Divulgação/Procon-SP)

    A Fundação Procon-SP informou nesta quarta-feira (14) que suspendeu temporariamente as atividades de uma loja do supermercado Carrefour localizada na Avenida Morvan Dias Figueiredo, na Zona Norte de São Paulo. O supermercado deve ficar fechado durante 12 horas, entre 8h e 20h desta quarta-feira, porque foi flagrado, “em mais de uma ocasião, expondo à venda produtos com prazo de validade vencido”, segundo nota do Procon.

    Além da suspensão, o Procon aplicou uma multa de R$ 87.680 no supermercado, com base no Código de Defesa do Consumidor. Segundo a fundação, a “empresa já recebeu multas do Procon-SP por ter cometido infrações da mesma natureza sem ter, portanto, corrigido sua conduta, o que demonstrada a necessidade da aplicação de sanções mais severas”.

    A exposição de produtos com prazo de validade vencido é considerada “infração de natureza grave”, afirma o Procon, porque pode trazer riscos à saúde do consumidor. A fundação disse que fiscais estão no estabelecimento desde as 8h para garantir que o supermercado cumpra a sanção.

    O Carrefour confirmou que as atividades na unidade estão suspensas nesta quarta-feira. “A empresa informa que participa ativamente de um grupo técnico, promovido pelo órgão, para desenvolvimento de ações que promovam a melhoria contínua dos serviços prestados em suas lojas. Na unidade de Tietê, o Carrefour reforçou seus procedimentos de segurança alimentar, buscando manter a qualidade dos produtos e serviços que oferece aos seus clientes”, diz a empresa, em nota. A loja do Carrefour reabre nesta quinta-feira (15), às 8h.

  • Veio cobrar o aluguel? Seu Barriga do 'Chaves' encontra a imprensa em SP

    13

    Set
    13/09/2011 às 18h36

    Edgar Vivar participou de um bate papo nesta terça-feira, 13, e falou da saudade de Seu Madruga.

    Felipe Abílio/- EGO

     

     

    Edgar Vivar, o Seu Barriga do seriado 'Chaves', participou de um bate papo com a imprensa na manhã desta terça-feira, 13, em São Paulo.

     

    Famoso por dar vida e ser sucesso há mais de 25 anos em vários países como os personagens Seu Barriga e seu filho Nhonho, o ator está no país para uma apresentação ao estilo da série 'Família Trapo', que acontece no domingo, 18, na 4FunFest em São Paulo.

     

    “É como se eu tivesse amigos em todos os lados que nunca me foram apresentados. Eu pude entrar na casa de todos, todos me conhecem, mas eu não conheço. É maravilhoso, hoje em dia, 30 anos depois, eu ainda choro de emoção”, disse.

     

    Edgar Vivar ainda conserva a mesma fisionomia que o tornou famoso há mais de 25 anos, mas o seu tamanho já não é o mesmo. Desde que se submeteu a uma cirurgia de redução do estômago em 2008, o ator já perdeu mais de 86 quilos. O ator precisou emagrecer depois de ter passado por problemas com sua saúde, já que é hipertenso, e chegou até a participar do reality show argentino "Cuestion de Peso", que na versão brasileira se chamava 'O Grande Perdedor'.

    "Eu já estive muito doente, fique quatro vezes na UTI e quase morri, então percebi que a vida é um desafio a cada dia. Fiz a cirurgia no estomago e perdi 86 quilos... Minha saúde está ótima agora".

     

    Retorno do Chaves?

     

    Edgar  falou também dos colegas do seriado que já morreram. “Eu tenho saudade dos amigos que já não estão mais aqui, Jaiminho o Carteiro, Seu Madruga, as viagem que nós fizemos... E eu tenho um presente para vocês, quero compartilhar alguns bastidores que eu filmei com uma super 8, e vocês verão meus amigos, minhas saudades...Essa é a forma que eu tenho de tocar o meu coração como vocês tocaram o meu”, falou. 

    Uma reunião com atores ainda vivos , como Roberto Bolaños, o Chaves, Carlos Villagrán, o Quico, Florinda Meza García, a dona Florinda, Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, em um episódio especial do seriado não tem chance de acontecer, segundo Edgar.

    “É impossível porque os capítulos na televisão tem 25 anos, 30 anos, eu não posso ficar como era naquela época. A peruca de Nhonho tem que ser cada vez maior (risos). É difícil competir com sua imagem, mesmo o público que venera e que gosta faz uma comparação. Outra coisa, Jaiminho não está mais neste mundo, Seu Madruga também não”.

    Para ele, uma das boas lembranças da época do seriado foi a viagem para Acapulco (que, dependendo da tradução, foi exibida no Brasil também como a viagem da turma para o Guarujá).

     

    Manuela Scarpa/Photo Rio News

    “Quando fomos a Acapulco foi muito engraçado e muito divertido porque ficamos todos juntos e logo depois Quico foi embora. Foram dez dias de muito trabalho, gravamos 'Chaves' e 'Chapolin', e os americanos que estavam lá não nos conheciam, não sabiam o que se passava. Os gringos ficavam se perguntando quem eram aqueles”.

    Apesar do sucesso como Seu Barriga, o ator revela que já tentou se desvencilhar da imagem do personagem.

    “Eu tenho tentado fazer coisas diferentes, fiz um filme que se chama ‘O Orfanato’, fiz telenovelas na Argentina, mas é difícil sair de sua zona de conforto, se eu permanecesse fazendo o Seu Barriga, eu tinha trabalho o tempo todo”, contou ele.

     

    E Edgar já tem novos projetos em vista. "Tenho um filme para gravar, vou fazer uma telenovela e ainda mais três filmes. E vou dublar um novo filme da Disney, já trabalhei na versão espanhol e ‘Up’ e ‘Ratatouille’", contou.

    O ator também contou que gostaria de atuar no Brasil. “Gostaria de trabalhar aqui... Seria um grande desafio. Adoraria fazer uma novela aqui... Um papel dramático”.

    Amigos
    Apesar de muito tempo ter passado, Edgar revelou que ainda tem contato com alguns atores: “Falo sempre com a Maria Antonieta (Chiquinha), com o Roberto (Chaves) e com Rubén Aguirre (Professor Girafales)”.

    No meio do ano, a imprensa noticiou que Rubén Aguirre estaria na miséria após sofrer um grave acidente de carro, mas Edgar disse que a notícia não é real.

    “Foi uma nota mal intencionada, ele não está mal como disse a jornalista. Ele teve um acidente de carro, então a sua mulher perdeu uma perna e a jornalista disse que agora ele teria que trabalhar o resto de sua vida para cuidar de sua mulher... Mas não é assim, ele não está mal economicamente. Ele vive bem”.

     

     

    Facebook / Reprodução/Photo Rio News

  • Professores de escola onde aluno morreu em SP tentaram reanimá-lo

    13

    Set
    13/09/2011 às 18h31

    Segundo policial militar, aluno brincava no pátio, ‘passou mal e caiu’.
    Garoto tinha 16 anos e era aluno de escola pública da Vila Sônia.

     

     

     

    Escola (Foto: Carolina Iskandarian/ G1)

    O soldado da Polícia Militar Victor Hugo Mariano, do 16º Batalhão, contou na tarde desta terça-feira (13) que professores tentaram reanimar o estudante Daniel dos Santos Rodrigues, de 16 anos, que morreu no pátio da Escola Municipal Desembargador Arthur Whitaker, na Vila Sônia, Zona Sul de São Paulo. De acordo com ele, o garoto passou mal. A suspeita é que ele tenha tido uma parada cardíaca. “O aluno passou mal e caiu. Os professores viraram ele e tentaram reanimar. O Samu também chegou e tentou de tudo, mas, infelizmente, ele não resistiu”, disse o soldado.

     

    O pai do estudante deixou a escola por volta das 15h sem falar com imprensa. Carregando o par de tênis do filho, disse apenas: “É difícil”. No mesmo horário, o carro do Instituto Médico-Legal (IML) saiu com o corpo do adolescente. Uma funcionária da diretoria, que pediu para não ser identificada, disse que o menino, aluno da 7ªsérie, teve um enfarte e era “obeso”. Já fez até tratamento para emagrecer, segundo ela. Questionado, o soldado da PM informou que o aluno era "gordinho".

    Durante todo o início da tarde, houve mais de uma versão para a morte do jovem. Uma professora de português que dava aula para a vítima contou que ele havia acabado de comer. “Ele comeu o lanche e foi brincar no intervalo. Perdeu a noção, caiu e bateu a cabeça”, afirmou Silvia Pádua.

    escola (Foto: Carolina Iskandarian/ G1)

    Pais de alunos disseram que a escola não tem ambulatório nem qualquer outro tipo de atendimento médico. "Quando a criança está doente nem remédio eles dão", afirmou uma mulher que não quis dar o nome.

    O caso foi registrado no 34º DP (Morumbi). Policiais informaram que o boletim de ocorrência foi registrado como "morte suspeita" porque só o IML pode revelar a causa exata da morte. Os investigadores disseram que o estudante sofria de epilepsia, tomava remédio para o coração e teve uma convulsão no momento em que passou mal.

    A Secretaria Municipal da Educação e a Diretoria Regional de Educação (DRE) do Butantã lamentaram o falecimento do aluno e afirmaram que irão coloborar com a família e com a polícia “no que for necessário para o total esclarecimento do episódio”.

    Veja a íntegra da nota divulgada pela Secretaria Municipal da Educação:

    “A Secretaria Municipal de Educação e a Diretoria Regional de Educação (DRE) Butantã lamentam o falecimento do aluno Daniel dos Santos Rodrigues, 16 anos, aluno do 7º ano da EMEF Des. Arthur Whitaker, ocorrido na manhã desta terça-feira, 13, no pátio da escola. A direção da escola informa que o estudante teve um mal súbito quando voltava do intervalo das aulas. A DRE e a escola colaborarão com a família e a polícia no que for necessário para o total esclarecimento do episódio. As aulas na EMEF foram suspensas nesta terça.”

     

  • Harry.Potter.e.As.Reliquias.Da.Morte.Parte.2

    17

    Jul
    17/07/2011 às 16h39

     

    DOWNLOAD

  • 'Minha filha se defendeu da morte', diz mãe de estudante atacada na UFSC

    09

    Jul
    09/07/2011 às 22h55

    Jovem de 23 anos teve o pescoço cortado e ação foi flagrada por câmera.
    Diretoria pediu à PM para fazer rondas no entorno da universidade.
  • Adolescente foge da polícia em moto roubada e quase é atropelado no Paraná.

    09

    Jul
    09/07/2011 às 22h35

    O jovem de 16 anos estava em fuga quando de repente apareceu uma carreta e ele não conseguiu parar. Por pouco as rodas da carreta não pegaram o rapaz. O rapaz foi encaminhado para a delegacia do menor.
  • Top Five: A noite da xoxota louca

    17

    Jun
    17/06/2011 às 22h36

  • Veja o novo trailer legendado do último filme da série 'Harry Potter'

    16

    Jun
    16/06/2011 às 23h26

  • Serial Avast

    18

    Mai
    18/05/2011 às 10h58

     

    Baixar

  • Eu mati a formiguinha

    17

    Mai
    17/05/2011 às 22h22

Ver postagens anteriores

Home |  Blog Grátis |  Hospedagem HTML Grátis |  Quem somos |  Parceria |  Anuncie |  Ajuda
Trabalhe no XPG |  Política de Privacidade |  Política de Segurança |  Denúncia © 2004-2017 XPG | Siga esta corrente